Achei isso aqui.

não sei se todo mundo sabe, mas a CheckPoint depois de um bom tempo, finalmente lançou uma versão do seu cliente VPN para MacOSX Leopard (10.5), também conhecido como SecureClient.

disponível aqui. como muitas vezes a galera verifica o ‘referer’, talvez só dê para baixar daqui

a bronca é que depois de uma ou duas horas de atividade ele fica tomando 100% de uma das CPUs (ainda bem que não é multithread). procurando a causa disso, achei no release notes disponível no mesmo link acima que há um problema na animação do ícone do programa que serve apenas para mostrar quando há atividade pela VPN, toma 100% de CPU, mas que é possível desativar esta configuração.

para isso, abra o arquivo /opt/CPsrsc-50/database/userc.C e mude a linha que tem :rotate_icon_on_encrypt (true) para :rotate_icon_on_encrypt (false)

feche o cliente (stop), conecte novamente e-pronto.

agora fico imaginando o que o estagiário da CheckPoint fez para acontecer isso.


Veja também: